Guia 2021

Cadastre-se
anuncie

Quem é PLANT está aqui!
plantbasedbr.com

Vem conferir!

MENU
MÍDIA KIT 2021
Download
COTAÇÃO DE INGREDIENTES
GUIA DE FORNECEDORES
CADASTRE SUA EMPRESA - CLIQUE AQUI


Voltar

Barry Callebaut apresenta as tendências em chocolate para 2021

O chocolate é uma iguaria tão antiga quanto o tempo, que remonta a milhares de anos e assume todas as formas que se possa imaginar. Mas mesmo uma indulgência clássica passa por fases e transformações, assumindo novas formas conforme os consumidores exigem formatos, sabores e texturas mais interessantes. Saber o que os consumidores podem estar procurando é a chave para chegar à frente nesse mercado lotado, e o relatório Top Chocolate Trends 2021 and Beyond de Barry Callebaut - um dos maiores produtores de chocolate do mundo - pode indicar o que o próximo deleite da moda pode ser.

O relatório da Barry Callebaut identificou três grandes temas que os consumidores procuram em seu chocolate: nostalgia, celebração e variedade. Considerando que a maioria dos consumidores passou o último ano em casa - com poucos motivos para comemorar e certamente muito pouca variedade - o anseio pelos bons velhos tempos não é surpreendente. E, com 72% dos consumidores concordando que as guloseimas são um aspecto importante do bem-estar emocional, recorrer ao chocolate para escapar por um momento é ainda mais importante.

Paradoxalmente, embora os consumidores anseiem por sabores nostálgicos, também procuram por sabores novos e emocionantes. Para mais da metade (55%) dos consumidores, os sabores raros e únicos tornam o chocolate mais emocionante, e 71% querem experiências novas e emocionantes com chocolate. Essa excitação não se limita apenas ao gosto; metade dos consumidores da Geração Z publica sua comida nas redes sociais, o que significa que formatos, cores e texturas emocionantes são tão importantes quanto o sabor quando se trata de se destacar online.

De acordo com o relatório da Callebaut, os consumidores também procuram guloseimas de chocolate que ofereçam mais do que apenas um sabor indulgente e cores com hashtag; eles querem que o chocolate também faça algo por eles. Isso pode vir na forma de “chocolate sem culpa”, feito sem produtos de origem animal; os lançamentos de chocolate na categoria confeitaria com conteúdo vegano cresceram 23% nos últimos dois anos. Ou, ainda, pode significar embalar ingredientes funcionais extras, como proteína; 32% dos consumidores disseram que o teor de proteína é um fator importante em suas decisões ao comprar chocolate.

Essa associação indulgente que alguns consumidores procuram na forma de confeitaria vegana também é vista quando se trata de chocolate de origem sustentável. Metade dos consumidores relatou valorizar a transparência em termos de ingredientes e cadeia de suprimentos, com 39% dizendo que isso influencia as suas decisões de compra.

E, finalmente, é claro que a Covid-19 teve impacto direto no comportamento do consumidor. Mais da metade dos consumidores (58%) reconheceram que estão comendo mais desde a pandemia, com a grande maioria concordando que os snacks são uma forma de se tratar (76%) ou interromper o dia (63%), e dois terços (66%) mantendo mais snacks à mão do que antes da pandemia.

O relatório Barry Callebaut deixa claro que os consumidores desejam empolgação e indulgência quando se trata de chocolate e que, em um ambiente de pandemia, desejam ser capazes de fazer isso com menos culpa. Marcas que enfatizam os sabores clássicos e nostálgicos, bem como os novos e empolgantes, continuarão a se dar bem e só poderão melhorar a sua reputação oferecendo ingredientes com benefícios adicionais - especialmente aqueles adquiridos de forma ética e sustentável.

Fonte: Food Beverage Insider




Envie uma notícia



Telefone:

11 3628-6931       11 99834-5079

Newsletter:

Fique conectado:

© EDITORA INSUMOS LTDA.

Av. Srg. Lourival Alves de Souza
130 - Conj. 113 - 1˚ Andar
04675-020 - Jardim Taquaral
São Paulo, SP - Brasil

001