Guia 2021

Cadastre-se
anuncie

Quem é PLANT está aqui!
plantbasedbr.com

Vem conferir!

MENU
MÍDIA KIT 2021
Download
COTAÇÃO DE INGREDIENTES
GUIA DE FORNECEDORES
CADASTRE SUA EMPRESA - CLIQUE AQUI


Voltar

O marketing dos alimentos

A tendência do consumidor de alimentos é ser cada vez mais consciente e exigente com relação a importância de conhecer os valores nutricionais dos alimentos e, assim, defini-los entre bons ou ruins para a sua saúde.

A área do comportamento do consumidor é de grande interesse para os profissionais de marketing, uma vez que, por meio do estudo do comportamento, podem conhecer quais são os desejos, vontades e expectativas do consumidor a respeito de um produto ou serviço, incluindo os processos decisórios que antecedem e sucedem essas ações.

Assim, é de grande importância para a empresa alimentícia analisar e entender o comportamento do consumidor, pois entendendo o seu comportamento, poderá influenciá-lo ou, até mesmo, mudá-lo. Nesse aspecto, o marketing aplicado aos alimentos é um fator determinante na modulação dos ambientes alimentar e nutricional e, consequentemente, das escolhas alimentares.

A comunicação, como elemento-chave no planejamento estratégico do marketing, é um fator determinante para o sucesso das ações de marketing na alimentação, no sentido da promoção da saúde dos consumidores. O marketing nutricional surge como uma particularidade do marketing alimentar e tem sido uma forte aposta das empresas do setor alimentício. Contudo, a sua aplicação deve estar de acordo com as respectivas disposições legais, nomeadamente, relativas a alegações e rotulagem nutricional.

Os alimentos, como produtos de primeira necessidade, apresentam um grande potencial para o mercado consumidor. A indústria alimentícia tem apostado forte no marketing de alimentos, por um lado, criando ou modificando produtos no sentido de satisfazer as necessidades, desejos e demandas atuais da população e, por outro lado, promovendo a divulgação dos produtos e das suas características nutricionais, através da publicidade, da propaganda e de ações promocionais.

O marketing alimentar tem a capacidade de fazer a ponte entre o produtor e o consumidor, estando envolvido em toda a cadeia de atividades que acompanha o produto. Portanto, a indústria alimentícia pode desempenhar importante papel junto ao consumidor, através da informação e orientação para a escolher dos produtos mais adequados para uma alimentação saudável.

O marketing alimentar tem como principal característica o foco no mercado e baseia-se na abordagem de processos fundamentados em rigorosas pesquisas de mercado, na orientação para o cliente e na satisfação do mesmo, na coordenação e integração de todas as atividades no sentido de tornar o processo mais dinâmico e rentável e na promoção e venda do produto. O marketing nutricional é um fator importante de diferenciação dos produtos. Aplicado, fundamentalmente, através da rotulagem nutricional e de alegações, possui a capacidade de encorajar e direcionar o consumidor no sentido da adoção de uma alimentação saudável.

Outro tipo de marketing que vem sendo cada vez mais usado e que se distingue de todos os outros tipos, é o marketing social, definido como o resultado da aplicação de técnicas do marketing comercial na análise, planejamento, execução e avaliação de programas criados para influenciar os comportamentos voluntários do público-alvo que contribuam para o seu bem-estar e o da sociedade em geral. No contexto da alimentação, o marketing social é considerado como um valor agregado, pois possibilita aplicar estratégias de marketing da área comercial para solucionar problemas nutricionais e/ou de saúde.

As estratégias do marketing social no contexto da saúde pública focam na adoção de comportamentos voluntários benéficos; utiliza técnicas como a pesquisa de mercado orientada para o consumidor, a segmentação do mercado-alvo para criar estratégias adaptadas a cada segmento e aplica-se não somente ao consumidor, mas também aos profissionais, as organizações e a quem participa na formulação de políticas públicas. No âmbito das ciências da nutrição, o marketing social assume uma especial importância, uma vez que as suas estratégias estão referenciadas como tendo eficácia na promoção de hábitos alimentares saudáveis.

O sucesso das estratégias de marketing dependente de vários fatores, incluindo a metodologia escolhida, o público-alvo e o nível de motivação e conhecimento, mas principalmente, depende daquilo que se comunica e como se comunica.

A comunicação é um elemento-chave do marketing e fundamental para as atividades de divulgação de produtos. As principais formas de comunicação no marketing de alimentos é a publicidade e a propaganda. A publicidade é definida como o ato de divulgar, de tornar público um fato ou umaideia, tendo como objetivo levar ao conhecimento do consumidor um produto e mostrar como esse produto atende as suas necessidades e desejos, a fim de encorajá-lo a realizar a compra. A propaganda, por sua vez, é a propagação de princípios ou teorias e tem como objetivo implementar e incutir uma ideia ou uma crença, permitindo ao público-alvo reconhecer o produto e associá-lo a determinados benefícios ou valores do seu agrado, conduzindo-o igualmente à compra. Seguindo esses conceitos e trabalhando de forma integrada com todas as outras etapas do planejamento estratégico de marketing, a comunicação é um fator determinante para que se chegue ao objetivo principal do marketing: a compra do produto por parte do consumidor.

No contexto do marketing nutricional, a comunicação deve ser, sempre que possível, adaptada ao grupo-alvo em questão para que possa ter o maior impacto possível e para maximizar a eficácia do processo de marketing.

Há vários princípios que corroboram para uma comunicação eficaz e que são importantes seguir no momento da criação, comunicação e promoção de um determinado gênero alimentício. As mensagens sobre nutrição devem ser simples, pois mensagens complexas podem gerar confusão e mitos no consumidor e, consequentemente, a rejeição do produto.

Além das estratégias à nível da forma como se comunica, é fundamental a integração de esforços entre os profissionais de saúde, governo, organizações voluntárias, produtores e mídia, proporcionando a formulação de conteúdos mais coerentes, evitando, assim, a confusão por parte do consumidor e promovendo a aceitação da informação.

A indústria alimentícia tem a capacidade de lançar bases para o desenvolvimento de políticas públicas e formas criativas de implementá-las. Ao lançar um produto alimentício no mercado, a empresa responsável está comprometida com a saúde do consumidor e, no sentido coletivo, com a saúde pública.

A inovação tecnológica dos alimentos tem sofrido um aumento em massa nos últimos anos, na qual, o marketing nutricional tem tido papel de importância crescente. Os aspectos mais importantes para a decisão de compra são a conveniência do produto e as inovações tecnológicas, incluindo aspectos nutricionais e de saúde, além de fatores como características organolépticas e preço.

O marketing nutricional, sendo uma estratégia que permite uma maior diferenciação de produtos, vem sendo aplicado, majoritariamente, não somente na rotulagem nutricional e nas alegações nutricionais e de saúde de produtos preexistentes, mas também na criação e divulgação de novos produtos com características nutricionais específicas e benéficas para o consumidor.

A indústria alimentícia é o componente com maior capacidade para proceder a mudanças benéficas na distribuição e promoção de alimentos. O seu impacto na saúde pública é muito maior do que se pode imaginar, pois tem a capacidade de influenciar políticas públicas e de contribuir para a educação alimentar das populações. Por um lado, é responsável pelo abastecimento e oferta ao consumidor de um leque de alimentos e, por outro lado, por fornecer as informações que permitem ao consumidor fazer as melhores escolhas.

Márcia Fani

Editora




Envie um artigo



Telefone:

11 3628-6931       11 99834-5079

Newsletter:

Fique conectado:

© EDITORA INSUMOS LTDA.

Av. Srg. Lourival Alves de Souza
130 - Conj. 113 - 1˚ Andar
04675-020 - Jardim Taquaral
São Paulo, SP - Brasil

001