Guia 2021

Cadastre-se
anuncie

O início de um marco, que começa com a
Edição Especial Plant-based.

Vem conferir!

MENU
Participe agora mesmo
Votações
COTAÇÃO DE INGREDIENTES
GUIA DE FORNECEDORES
CADASTRE SUA EMPRESA - CLIQUE AQUI


Voltar

Kerry revela aumento das expectativas dos consumidores sobre sustentabilidade em alimentos e bebidas

A Kerry, empresa mundial no desenvolvimento de soluções em Taste & Nutrition, lançou uma nova pesquisa global que revela que as expectativas dos consumidores em relação à sustentabilidade estão evoluindo rapidamente, com um número crescente de demandas por mais benefícios sustentáveis em seus alimentos e bebidas. A pesquisa aponta as principais associações dos consumidores com sustentabilidade, e é uma das maiores pesquisas desse tipo já realizada até hoje. Na América Latina, foram entrevistados 4.788 consumidores em países como México, Brasil, Colômbia, Argentina e Guatemala.

A pesquisa mostra que 49% dos consumidores estão considerando o fator sustentabilidade ao comprar alimentos e bebidas em vários níveis e que a compreensão do consumidor sobre a questão está evoluindo de responsabilidade ambiental e social para incluir bem-estar e nutrição sustentável. Os consumidores, particularmente aqueles situados nos mercados mais amadurecidos em relação a sustentabilidade, como o Brasil, estão considerando a sustentabilidade como algo que os afeta diretamente e sobre o qual podem ter impacto, tais como a redução de resíduos alimentares, saúde pessoal e nutrição e alegações de rótulos limpos, tais como "de origem local", "sem ingredientes artificiais" e "orgânicos". Na América Latina, o interesse é maior do que em outras regiões, com 75% dos consumidores dizendo que esses atributos de sustentabilidade têm uma forte influência em suas decisões de compra.

A sustentabilidade é a prioridade dos consumidores em todo o mundo, como revela a pesquisa, 84% dos entrevistados acreditam que é importante que cada pessoa contribua para a sustentabilidade. No entanto, a maior barreira para a adesão da sustentabilidade continua a ser a falta de compreensão dos consumidores sobre seu impacto pessoal no planeta, embora três em cada quatro esperem que as empresas invistam em sustentabilidade.

Na pesquisa se destacaram quatro tipos de consumidores-chave, com base em seu entendimento e nível de adoção da sustentabilidade. Esses quatro tipos de consumidores conscientes da sustentabilidade estão em diferentes pontos da "curva de adoção da sustentabilidade" e a Kerry os classificou como Inativos, Passivos, Seguidores e Frontrunners (Pioneiros).

O interesse em torno da sustentabilidade variou com as faixas etárias, sendo os Millennials e os Frontrunners os mais suscetíveis a estarem profundamente envolvidos com a questão (37%). Enquanto, os Seguidores (41%) são classificados como empenhados e dispostos a agir, mas esperam que os fabricantes, marcas e autoridades externas, tais como os governos, assumam a liderança na abordagem das questões de sustentabilidade. Curiosamente, é provável que este grupo seja mais jovem que os Millennials e a geração Z. Os Passivos (17%) estão preocupados com a sustentabilidade, mas não compreendem o seu próprio impacto, enquanto os Inativos (5%) preocupam-se um pouco, mas não tomam quaisquer medidas e o preço é uma barreira significativa à compra de produtos mais sustentáveis.

A Kerry entrevistou mais de 14.000 consumidores em 18 países da América do Norte, Europa e América Latina, incluindo Reino Unido, França, Suécia, Alemanha, Países Baixos, Bélgica, Luxemburgo, Canadá, Espanha, Estados Unidos, Itália, Polónia, Brasil, México, Guatemala, Argentina, Rússia e Colômbia.

Fonte: PR Consulting Americas




Envie uma notícia



Telefone:

11 3628-6931       11 99834-5079

Newsletter:

Fique conectado:

© EDITORA INSUMOS LTDA.

Av. Srg. Lourival Alves de Souza
130 - Conj. 113 - 1˚ Andar
04675-020 - Jardim Taquaral
São Paulo, SP - Brasil

001