Guia 2021

Cadastre-se
anuncie

Quem é PLANT está aqui!
plantbasedbr.com

Vem conferir!

MENU
MÍDIA KIT 2021
Download
COTAÇÃO DE INGREDIENTES
GUIA DE FORNECEDORES
CADASTRE SUA EMPRESA - CLIQUE AQUI


Voltar

Mídia social afeta as decisões de alimentação do consumidor

O século 21 se tornou a era das mídias sociais, para o bem e para o mal. Tudo, desde os produtos que os consumidores compram até a mídia que consomem, é ditado pela mídia social, e um estudo recente indica que com os alimentos e bebidas não é diferente.

O estudo, liderado por pesquisadores da Faculdade de Saúde e Ciências da Vida da Aston University, teve como objetivo investigar o efeito agudo de postagens de mídia social endossadas socialmente sobre o comportamento alimentar dos participantes. No geral, participaram 169 mulheres adultas, com idades entre 18 a 65 anos (idade média de 21 anos). Esses participantes foram convidados a olhar para uma simulação de feed do Instagram que incluía imagens e vídeos de vários alimentos diferentes, incluindo frutas, vegetais, biscoitos e bolos, bem como imagens não alimentares; as postagens tiveram um alto ou baixo nível de envolvimento por meio de "Curtir". Após esse exercício, os participantes tiveram acesso a um buffet que incluía uvas e biscoitos.

Por fim, os pesquisadores descobriram que os participantes que viram imagens de opções de alimentos mais saudáveis consumiram mais uvas do que os participantes que não o fizeram.

As descobertas do estudo sugerem que não apenas a exposição a imagens de alimentos saudáveis nas redes sociais, mas também aquelas que são fortemente endossadas com 'curtidas', pode levar as pessoas a escolherem consumir mais alimentos saudáveis, ao invés de alimentos menos nutritivos. Uma razão para isso pode ser porque pensar que os outros 'gostam' e comem frutas e vegetais estimula os participantes a alterar o seu comportamento para se adequar ao que percebem ser a norma”, afirmou Lily Hawkins, Ph.D., um dos autores do estudo. norma."

Quase 80% dos consumidores estão procurando ativamente reduzir ou eliminar o açúcar das suas dietas. Confeitaria, bebidas e snacks "melhores para você" são tendências em alimentos e bebidas. Tudo isso para dizer que os consumidores estão procurando maneiras mais saudáveis de comer e beber em números cada vez maiores.

A mídia social desempenha um papel enorme nessas e em todas as outras tendências em alimentos e bebidas. Como observaram os pesquisadores, as pessoas querem se sentir parte de uma comunidade; os consumidores naturalmente vão querer entrar em qualquer opção de tendência que as pessoas que eles seguem nas redes sociais tenham descoberto.

As marcas devem tomar nota disso e adaptar o seu marketing para essa geração de mídia social. Opções de alimentos e bebidas brilhantes, divertidas e lúdicas podem se destacar nas redes sociais; influenciadores podem alterar a percepção do público e impulsionar tendências. Se os consumidores virem que alimentos e bebidas “melhores para você”, sustentáveis e produzidos de forma ética estão em alta nas redes sociais, a inclinação natural será participar, por medo de ficar de fora.

Ter um bom alimento ou bebida é apenas parte da batalha. Tornar esse produto saudável e sustentável é outra. E o marketing desse produto para consumidores que estão constantemente conectados e sintonizados com as últimas tendências sociais é ainda outra. Marcas que podem alavancar o estado atual da mídia social e se promover melhor, seus produtos e sua missão serão beneficiadas.

Fonte: Food Beverage Insider




Envie uma notícia



Telefone:

11 3628-6931       11 99834-5079

Newsletter:

Fique conectado:

© EDITORA INSUMOS LTDA.

Av. Srg. Lourival Alves de Souza
130 - Conj. 113 - 1˚ Andar
04675-020 - Jardim Taquaral
São Paulo, SP - Brasil

001