Guia 2021

Cadastre-se
anuncie
MENU
COTAÇÃO DE INGREDIENTES
GUIA DE FORNECEDORES
CADASTRE SUA EMPRESA - CLIQUE AQUI


Voltar

Transformação de portfólio em andamento na Mondelez International

As principais categorias de chocolate e biscoitos da Mondelez International foram responsáveis por um total de 79% das vendas da empresa em 2021, contra 59% há uma década. Os executivos da empresa querem que esse número chegue a 90% nos próximos dois ou cinco anos.

"Do nosso ponto de vista, se nosso negócio fosse apenas biscoitos e chocolate, veríamos uma linha de topo e um resultado final muito mais forte É aí que temos que nos mover gradualmente", disse Dirk Van de Put, presidente e diretor executivo da Mondelez International.

Esse movimento ocorrerá por meio de um equilíbrio entre aquisições e desinvestimentos, dando continuidade a uma estratégia que já viu a adição de nove negócios representando US$ 2,8 bilhões em vendas desde 2018. Tate's Bake Shop, Gourmet Food Holdings, Hu e Ricolino são apenas alguns dos negócios adquiridos pela Mondelez nos últimos anos.

No entanto, a empresa não tem pressa em vender os 20% de seu portfólio que está fora das duas categorias principais. “Não é como se as categorias que não são essenciais para nós estivessem particularmente mal e sentimos que precisamos sair imediatamente. Nós vemos isso mais como um ato de equilíbrio”, observou Van de Put.

As áreas de foco para a categoria chocolate incluem estimular o presente sazonal ao longo do ano, unindo chocolate com feriados em diferentes culturas. A empresa está sub-representada tanto no chocolate escuro quanto no chocolate premium e investindo para aumentar sua participação nesses segmentos.

Também existem oportunidades para a Mondelez alavancar suas categorias principais para melhorar seu negócio de assados, que inclui bolos e doces. Van de Put descreveu bolos e doces como uma categoria altamente fragmentada, sem um líder global claro e uma estreita adjacência às capacidades de biscoitos da empresa. Os consumidores podem esperar ver mais doces, bolos e lanches assados com marcas como Oreo e Cadbury.

"Há muito poucas marcas junto com essa fragmentação e a sofisticação geral do produto não é muito alta. Vemos uma grande oportunidade de consolidação, para aproveitar nossas marcas para melhorar a qualidade dos produtos e realmente criar uma extensão da prateleira de biscoitos", disse Van de Put.

Dentro desse espaço há um segmento mais acessível que a Mondelez está tocando com a Chipita, uma marca de croissants recheados e barras de bolo adquiridas no início deste ano. O negócio, que oferece produtos sob as marcas 7Days, Chipicao e Fineti, gerou vendas de aproximadamente US$ 580 milhões em 2020. Já está ajudando a empresa a obter uma distribuição mais ampla em famílias de baixa renda em várias regiões.

Van de Put valorizou o mercado de bolos e doces em 75 bilhões de dólares. Uma categoria menor que se enquadra no guarda-chuva de lanches assados são as barras de saúde, que ele avaliava em US$ 16 bilhões. Metade desse mercado está nos Estados Unidos, lar da Emeryville, com sede na Califórnia, Clif Bar & Co., que a Mondelez adquiriu em agosto por US$ 2,9 bilhões.

"Esta é uma categoria que desacelerou por causa da pandemia, mas vai acelerar novamente nos próximos anos. Acreditamos que há expansão internacional e possibilidades de crescimento acima da média", finalizou Van de Put.

Fonte: Food Business News




Envie uma notícia



Telefone:

11 99834-5079

Newsletter:

Fique conectado:

© EDITORA INSUMOS LTDA.

001