Guia 2021

Cadastre-se
anuncie
MENU
COTAÇÃO DE INGREDIENTES
GUIA DE FORNECEDORES
CADASTRE SUA EMPRESA - CLIQUE AQUI


Voltar

Os benefícios energizantes da proteína láctea

Todos os alimentos fornecem energia no sentido mais direto e científico. São as calorias dos alimentos que fornecem combustível para apoiar as atividades diárias, com opções ricas em nutrientes fornecendo os maiores benefícios.

A definição de energia, é claro, está muitas vezes nos olhos do consumidor. Para a Geração Z, trata-se de energia que lhes dá força física e mental para dar o melhor de si. Alguns equiparam a energia a beber uma xícara de café e obter uma dose rápida de cafeína, enquanto para outros, trata-se de comer uma refeição bem equilibrada.

Os consumidores têm uma associação entre proteína e energia, e geralmente é verdade. Como resultado, você os verá no supermercado procurando produtos rotulados como “boas” ou “excelentes” fontes de proteína. A proteína contribui para a energia de uma forma única.

Aqui estão três razões baseadas na ciência para apoiar a associação de proteína e energia:

- Ter uma quantidade substancial (ou significativa) de proteína em uma refeição ou lanche pode ajudar a sentir mais saciados por mais tempo do que as refeições com pouca ou falta de proteína. Começar o dia com um café da manhã com, digamos, um ovo, legumes e queijo mexido com uma xícara de iogurte e frutas pode ajudar a evitar a fome no final da manhã e proporcionar uma sensação de saciedade à medida que o dia avança.

- Ter uma refeição equilibrada com proteína também beneficia a resposta de glicose no sangue do organismo. Comer uma refeição com ofertas ricas em proteínas, como laticínios, pode dar ao organismo uma resposta de glicose no sangue mais sustentada, ajudando a evitar a sensação de “fraqueza”, o que pode equivaler a sentir que você tem mais energia.

- Pesquisas emergentes começaram a identificar uma relação interessante entre dietas ricas em proteínas e um impacto positivo na qualidade do sono. Dois estudos mostraram que pessoas que consumiram dietas com níveis mais altos de proteína relataram melhora na qualidade do sono e se sentiram mais descansadas no dia seguinte.

Embora muitos alimentos sejam excelentes fontes de proteína, os laticínios continuam sendo uma das melhores opções, porque contêm uma alta concentração de aminoácidos essenciais, principalmente a leucina, que apoia a saúde muscular e outras funções estruturais do organismo. Além do seu teor de proteína, o leite fornece um pacote de uma dúzia de outros nutrientes importantes.

Fonte: Dairy Foods




Envie uma notícia



Telefone:

11 99834-5079

Newsletter:

Fique conectado:

© EDITORA INSUMOS LTDA.

001