Guia 2021

Cadastre-se
anuncie
MENU
COTAÇÃO DE INGREDIENTES
GUIA DE FORNECEDORES
CADASTRE SUA EMPRESA - CLIQUE AQUI


Voltar

Desenvolvimento de suplementos esportivos para um bem-estar mais amplo

Tanto 2020 quanto 2021 são vistos como anos de transição no mercado de nutrição esportiva.

A instabilidade encontrada nas primeiras fases da pandemia em 2020, resultou em contrações de vendas em toda a categoria no mundo, de acordo com a Euromonitor International. O setor recuou para altas taxas de crescimento de vendas no varejo em 2021, consistentes com o desempenho pré-Covid-19, atingindo 10% globalmente.

As partes interessadas do setor podem supor que esse retorno ao crescimento significa que os consumidores estão voltando às demandas pré-pandemia. No entanto, os consumidores continuarão a reavaliar suas prioridades de saúde e a indústria deve considerar o posicionamento e o desenvolvimento de produtos para atender as novas expectativas em 2022.

As mudanças comportamentais dos consumidores estão relacionadas às mudanças drásticas nos estilos de vida observadas durante a pandemia. A série “Voz do Consumidor: Pesquisa de Saúde e Nutrição” da Euromonitor realizada ao longo da pandemia, mostra que os consumidores globais estão cada vez mais vinculando fatores holísticos mais diretamente às suas percepções de saúde. O bem-estar mental, um sistema imunológico saudável e um sono adequado estão entre as prioridades dos consumidores, mais do que as atividades típicas que exigem ou se correlacionam com produtos de nutrição esportiva, como condicionamento físico, resistência ou força física. A pandemia enfatizou a centralidade dos fatores de estilo de vida nos resultados gerais de saúde.

Os consumidores voltaram a se exercitar com força total no ano passado para atender as suas necessidades mais amplas de saúde. De acordo com as pesquisas da Euromonitor acima mencionadas, 63% dos consumidores globais participaram de exercícios físicos pelo menos uma vez por semana em 2021, e essa porcentagem vem aumentando constantemente desde 2019. Como resultado, a porcentagem de consumidores globais que estavam satisfeitos com a frequência com que o exercício saltou para 29% em 2021. Enquanto isso, a porcentagem de consumidores globais que não têm tempo para mais exercícios caiu de 31% em 2019 para 24% em 2021. Em suma, consumidores em todo o mundo estão usando o exercício para alcançar objetivos de saúde mais amplos, ao invés de apenas para construção muscular ou perda de peso.

Os formuladores de nutrição esportiva estão começando a incorporar novas alegações de produtos para atender a um conjunto mais amplo de necessidades dos consumidores. Os benefícios tradicionais de “alta proteína”, “perda de peso” e “aumento de energia” permanecem predominantes na indústria.

Vários produtos com alegações adicionais foram introduzidos no mercado desde o início da pandemia, apontando para o provável caminho a seguir para o setor. As alegações de produtos em nutrição esportiva que tiveram um salto notável incluem saúde do sistema imunológico, saúde do cérebro, saúde cognitiva, nootrópicos, saúde digestiva e saúde óssea.

Fonte: Natural Products Insider




Envie uma notícia



Telefone:

11 99834-5079

Newsletter:

Fique conectado:

© EDITORA INSUMOS LTDA.

001